Ataque Total #3: Um Advogado Para o Nosso Tempo

      Depois que Adão e Eva pecaram comendo do fruto proibido, Deus colocou em prática um plano de resgate para humanidade, a fim de que as correntes do pecado fossem quebradas e que o ser humano  tivesse novamente a oportunidade de obter a vida eterna. Muitos imaginam que o plano da salvação só se cumpriu com o nascimento de Jesus, mas, na verdade, este plano já acontecia desde o livro de Gênesis! O Santuário é a maior marca do Velho Testamento sobre o Plano da Salvação. Mas qual era o verdadeiro sentido de todo aquele ritual? Pra muitos, o livro de Levíticos, Números e Deuteronômio são cansativos de se ler por serem manuais dos rituais que aconteciam no passado em relação ao Santuário, porém esses livros são ricos em informações chaves para que seja entendido o Plano de Salvação e a importância dos Dez Mandamentos para a vida de todos.

     A diferença entre a Lei Moral (os Dez Mandamentos) e as Leis Cerimoniais (Levítico, Números, Deuteronômio) precisam ser bem interpretadas por nós para não ficarmos falando coisas erradas a outras pessoas, como afirmando que Jesus aboliu os Dez Mandamentos. Essa afirmação é anti bíblica e hoje você entenderá o porque.

Walter-Veith-Ataque-Total-35    Neste vídeo de hoje, apresentado pelo Prof. Walter Veith em um seminário produzido pela Amazing Discoveries, é explicado por que o santuário é uma das grandes características tipológicas da Bíblia; como cada aspecto do santuário aponta para o ministério do Messias. Fazendo um estudo de todas as suas características, o plano de salvação se desenrola diante dos nossos olhos. Nesta palestra,o estudo de cada peça do mobiliário no Santuário tem um profundo significado. O santuário não foi feito de forma arbitrária, pois é um livro de lição para todas as gerações.

By | 2016-11-06T18:21:16+00:00 abril 28th, 2014|Ataque Total| Comments