O DIA D

Normandy_Invasion_June_1944No dia 6 de Junho de 1944, mundialmente conhecido como “O dia D”, cerca de 100 mil soldados desembarcaram na França, na região da Normandia. Tudo aconteceu durante a madrugada, por céu, terra e mar.

Apenas durante aquela madrugada, foram mortos mais de 5 mil soldados, sem contar as perdas de civis franceses, estimando-se algo entre 15 e 20 mil mortos. Alguns paraquedistas sequer saíram dos aviões. O bombardeio durou horas naquela noite fria, regado por clarões no céu e na terra. Chegando ao chão, os paraquedistas estava desnorteados, abalados, assustados, feridos. BB4Levou um tempo para que se relocassem para suas posições e prosseguissem com o ataque… mas aquele era apenas o primeiro dia! A guerra durou mais e mais, as tropas diminuíam a cada semana. Chegou o inverno e as trincheiras eram tudo o que tinham para sua sobrevivência naquele lugar hostil. Eles sofreram aquela guerra que pareceu não ter fim por mais de 1 ano, sobrevivendo precariamente e sem saber se lutariam por mais 3 dias, 15 meses ou 10 anos. Todo o treinamento que tiveram enquanto estavam em seus países sequer lhes havia apresentado 10% do sofrimento que estavam passando, mas não havia mais volta, estavam em guerra e agora teriam de aprender na raça! A cada dia que sobreviviam era mais um aprendizado que levariam para o resto de suas vidas. As perdas eram constantes, mas eles estavam focados em seu objetivo. A guerra haveria de acabar e a paz reinaria mais uma vez. E foi finalmente, após meses de sofrimento e angustia que, no dia 2 de Setembro de 1945, com o rendimento dos japoneses, pôs-se fim à terrível guerra.

Como cristãos, nós vivemos diariamente uma guerra. Estamos treinando e achamos pesado, mesmo quando estamos em nossa zona de conforto, até que chegue o nosso “DIA D” particular e entramos de cabeça na verdadeira guerra. Todo nosso treinamento, nossos estudos, orações e nossa vida estão à prova e precisamos aguentar firmes, pois não sabemos até quando esta guerra durará. Precisamos ser vigilantes. No campo de batalha, Sanatás é um mestre do engano e da mentira e fará de tudo para que caiamos. Seremos confrontados com meias verdades; nossa fé será testada. Estaremos em campo inimigo, expostos, e muitas vezes em desvantagem, mas não podemos nos deixar ser influenciados. Vamos chorar, sofrer, nos arrastar se preciso for, mas nunca desistir! E sabe por que? Porque a nossa batalha já foi vencida! Jesus já nos deu a vitória na cruz, mas precisamos ser cautelosos e aguentar firme até que o documento de rendição seja finalmente assinado, onde Satanás, assumindo a derrota, finalmente será jogado no abismo e nós, os salvos, receberemos o nosso galardão! Não mais choro, dor, sofrimento. Sem mais pecado, rancor, ranger de dentes, angustia, doenças. O amor será unanime. Nós veremos a Jesus face a face, o abraçaremos e teremos a alegria da vida eterna com o Rei dos reis, Senhor dos senhores e Soberano do universo, aquele que é Puro amor, nos enxugará as lágrimas e com um abraço nos receberá para uma vida eterna de paz e júbilo!! Honra e Glória ao nosso Salvador Jesus Cristo!

Essa guerra diária deve ser enfrentada de frente. Portanto, vamos nos armar. Carregue suas orações, apontem sua fé e guardem a palavra de Deus em seus corações! Espero que nesse dia possamos todos juntos fazer uso com orgulho das palavras do apóstolo Paulo: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.” (2 Timóteo 4:7). Tenham todos uma boa semana!

By | 2016-11-06T18:21:13+00:00 novembro 4th, 2014|blog| Comments