Porque Ele vive, posso crer no amanhã!

“Foi sepultado, e ressurgiu ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (1Co 15:4)

     Jesus finalmente descansou depois de um dia longo de tortura e vergonha. O Filho do Altíssimo estava em repouso durante as sagradas horas do sábado. Mas uma hoste celeste circundava o sepulcro. Anjos magníficos O esperavam aguardando o momento de saudar o Príncipe da Vida. Se possível, o inimigo teria mantido para sempre fechado o túmulo que abrigava o Cristo.

     “Quando Jesus foi posto no sepulcro, Satanás triunfou.” Ele ousou esperar que o Salvador não viveria. Pôs sua guarda em torno do túmulo, acreditando ser capaz de manter Cristo prisioneiro.

“E eis que houvera um grande terremoto, porque um anjo do Senhor, descendo do Céu, chegou. E o seu aspecto era como um relâmpago, e o seu vestido branco como a neve. E os guardas, com medo dele, ficaram muito assombrados, e como mortos. Mas o anjo, respondendo, disse as mulheres: Não tenhais medo; pois eu sei que buscai a Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como tinha dito” (Mt 28:2- 6).

     Ao ressurgir Ele em majestade e glória, os anjos se prostram perante o Redentor, em adoração, saudando-O com hinos de louvor. O príncipe das trevas “ficou furioso quando seus anjos fugiram diante do celeste mensageiro”. E ao ver Cristo sair em triunfo, compreendeu que seu reino chegaria ao fim e que ele devia morrer.

“Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais; mas vós me vereis, porque eu vivo, e vós vivereis.” (Jo 14:19)

     Cristo ascendera aos Céus na forma humana. Os discípulos viram a nuvem recebe-lo. Aquele mesmo Jesus com quem andou falou e orou. E os anjos lhes asseguraram que Aquele mesmo que viram subir ao Céu, voltaria outra vez assim como subira. Virá “com as nuvens, e todo O olho o verá” (Ap 1:17)

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá” (Jo 11:20)

     Ao longo do tempo, a história tem revelado quão instável é este mundo. Vivemos em caos e parece-nos que este século tem sido especialmente um tempo de crise. Estamos num mundo injusto e traiçoeiro. Todos os dias, notícias de assassinatos, tráfico de drogas e guerra monopolizam as manchetes. Mas, em meio às incertezas, o Senhor nos dá ESPERANÇA de uma nova vida, de um amanhã; pois Ele veio para que tenhamos vida, e a tenhamos em abundância.

     Cristo é a ressurreição e a vida. NEle é restaurada a vida que se perdera por causa do pecado; pois Ele possui vida em si mesmo. Portanto, para o cristão, a morte não deve ser mais que um sono, um momento de silêncio, escuridão e ignorância.

     Jesus vive e, porque Ele vive, nós também viveremos. Ele ressurgiu! Vive para interceder por nós! Devemos nos apegar a essa esperança, e ela nos firmará a alma. Crede e verei a glória de Deus!

“… porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.” (1Co 15:52)

By | 2016-11-06T18:21:16+00:00 abril 20th, 2014|blog| Comments